20/6/21
 
 
Antigo presidente do Montepio suspeito de ter recebido 1,5 milhões de euros

Antigo presidente do Montepio suspeito de ter recebido 1,5 milhões de euros

José Sérgio Jornal i 28/01/2017 19:20

Valor terá sido pago pelo mesmo contrutor civil que deu 14 milhões de dólares a Ricardo Salgado

Tomás Correira, antigo presidente do Montepio, está a ser investigado por suspeita de ter recebido 1,5 milhões de euros em troca da aprovação do empréstimo a fundo de investimento imobiliário fechado, avançou o Expresso.

O valor terá sido pago pelo contrutor civil da Amadora, o mesmo homem que deu um ‘presente’ de 14 milhões de dólares ao antigo líder do BES Ricardo Salgado.

De acordo com o mesmo semanário, o milhão e meio de euros que Tomás Correia terá recebido estará relacionado com um financiamento obtido junto do Montepio e do BES, no valor de 74 milhões, para a compra e urbanização de um terreno de 50 hectares em Alfragide, situado por trás do hipermercado Continente da Amadora.

Em causa, estão transferências, realizadas entre o verão de 2006 e o início de 2007, efetuadas a partir de contas do banco suíço UBS, que pertenciam a duas offshores cujos beneficiários finais são José Guilherme e o seu filho, Paulo Guilherme.

Questionado sobre o caso, Tomás Correia negou ter qualquer relação com qualquer cliente do banco.

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×