15/11/18
 
 
Carlos Carreiras triste com “alguns companheiros de partido”

Carlos Carreiras triste com “alguns companheiros de partido”

José Sérgio Luís Claro 18/01/2017 22:40

Autarca critica sociais-democratas que se deixaram “capturar” pelo discurso de Costa

O social-democrata Carlos Carreiras lamenta que alguns “companheiros de partido” estejam a deixar-se capturar pelo discurso do governo socialista e considera que a “coligação das esquerdas está esgotada”.

“Triste, embora não surpreendente, é ver alguns companheiros de partido a deixarem-se capturar por este ar do tempo em que todos somos convidados a ser felizes sem constrangimentos de qualquer espécie”, afirma o presidente da Câmara de Cascais, num artigo de opinião na newsletter do PSD.

Carreiras elogia o “sentido de Estado” e a “coragem” de Passos Coelho e critica os “políticos comentadores” que “desistiram de esconder a sua parcialidade”.O social-democrata refere-se ao caso da descida da TSU em que “chegámos ao ridículo de atacarem o PSD pela disfuncionalidade do arranjinho das esquerdas”.

Marques Mendes foi um dos comentadores que mais atacou Passos por votar contra a descida da TSU. O ex-líder do PSD classificou a posição do PSD como “um monumental tiro no pé”. Carlos Carreiras defende a posição assumida por Passos. “O BE e o PCP querem comer a carne do lombo sem terem de lhe roer os ossos”, afirma o coordenador autárquico do PSD.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×