16/11/18
 
 
Juve Leo questiona qualidade do plantel

Juve Leo questiona qualidade do plantel

João Girão Jornal i 18/01/2017 11:30

A Juventude Leonina publicou um comunicado, no qual critica a estrutura, a equipa técnica e os próprios jogadores.

“Em face dos maus resultados e das exibições medíocres protagonizadas pela equipa de futebol profissional do Sporting Clube de Portugal, vem a Juventude Leonina questionar, de quem será a culpa? Da estrutura? Da equipa técnica? Dos jogadores? Estrutura a quem questionamos a realmente mais-valia de alguns jogadores contratados, que nem na distrital têm lugar, em vez de aproveitar os nossos talentos da formação que estão a dar cartas em outros clubes”, lê-se no texto, divulgado através do seu líder Nuno Vieira Mendes `Mustafa’.

Para a claque leonina, a equipa técnica “em alguns casos tomou decisões incompreensíveis e umas quantas vezes egoístas em palavras proferidas recolhendo os louros para si mesma”.

Sobre os jogadores, a Juve Leo considera que “entram em campo e jogam a passo, sem atitude, sem querer. Todos juntos não dignificam as nossas cores, as cores do Sporting Clube de Portugal”.

“Uma equipa que ganha ao Porto em casa, faz uma exibição brilhante em Madrid elogiada por toda a Europa, e não ganha, como todo o respeito, a um Chaves que acaba de subir de divisão e que comparado com o Sporting Clube de Portugal, nem um terço do orçamento tem, deixa-nos envergonhados”, refere o texto.

A claque aborda também a questão dos árbitros, dizendo que “basta de desculpas com arbitragem, basta de desculpas com a sorte ou o azar, como se costuma dizer, a sorte procura-se, basta de falar constantemente nas outras equipas”.

“Nesta altura ninguém estará mais chateados como nós, com os milhares de euros que gastamos em prol do Sporting Clube de Portugal”, afirmam os membros da claque, acrescentando que “o que se passou este ano é o que se passa em todos os anos, chega janeiro estamos afastados de todas as competições. Aqui todos são culpados”.

A Juve Leo deixa ainda um pedido de que a situação atual não caia “no esquecimento”, têm que “ser tomadas medidas”.

E termina com um apelo: “De uma vez por todas, temos que perceber, que querem acabar com o Sporting Clube de Portugal, isso está à vista de todos. Apelamos ao mundo sportinguista, desde o adepto mais crítico ao maior apoiante, todos têm de ser responsabilizados”.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×