25/9/20
 
 
Novo Banco. PSD garante que nunca defenderá nacionalização

Novo Banco. PSD garante que nunca defenderá nacionalização

Miguel Silva Luís Claro 12/01/2017 16:00

Solução para o antigo BES divide os sociais-democratas. Rui Rio admite nacionalização temporária 

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, garantiu hoje que "o PSD nunca defendeu nem defenderá a nacionalização de uma entidade bancária. Foi isso que fizemos no passado e é isso que continuaremos a fazer”.

A afirmação do responsável do PSD surge depois de Rui Rio ter defendido, em declarações ao jornal “Público”, a nacionalização temporária do Novo Banco com o objetivo de vender mais tarde e “ter o retorno de todo o capital nele investido e, se possível, com alguma compensação para o Estado”.

A nacionalização já tinha sido admitida por outras figuras do PSD. Morais Sarmento, na Rádio Renascença, defendeu que "nesse quadro de uma nacionalização temporária para proteção do banco, estabilização do sistema financeiro e garantia dos contribuintes, é uma solução que não deve ser afastada".

Manuela Ferreira Leite admitiu que avançar para a nacionalização pode ser a solução “menos má”. Pedro Santana Lopes também defendeu que prefere “qualquer outro caminho a entregar-se o banco de graça para depois ser vendido em fatias”.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×