23/9/17
 
 
Projeto ‘Adote um avô’ quer combater a solidão dos idosos

Projeto ‘Adote um avô’ quer combater a solidão dos idosos

Jornal i 12/01/2017 10:54

Tudo começou em 2013. Alberto Cabanes foi visitar o seu avô ao lar. Sentou-se, conversou com o seu avô e não gostou do que viu. 

Inconformado pelo facto da maior parte dos idosos daquele lar não terem a família por perto, Alberto não teve dúvidas na hora de mudar alguma coisa. E foi assim que decidiu criar o projeto ‘Adote um avô’. 

Desde então, e com a ajuda da comunicação social a divulgar esta iniciativa já foram ‘adotados’ mais de 1000 idosos solitários. Pessoas que lutaram durante toda a sua vida e que não merecem ficar sozinhas no momento em que mais precisam de companhia.
A iniciativa ‘Adote um avô’, que pretende aproximar os idosos dos mais novos conta já com 204 voluntários numa iniciativa que começou em Madrid, tendo depois sido implementado em várias cidades de Espanha.
“Tive a sorte de ser criado pelos meus avós e de aprender com eles valores impagáveis. Ninguém merece estar só. E nos lares há muita solidão”, explicou Alberto ao El Mundo.

A página desta iniciativo no Twitter ilustra bem o sucesso que tem sido este projeto.

Prueba un #CaféVirtual (2€) que se convierte en compañía con @adoptaunabuelo https://t.co/dHTs5g52qJ ☕️=❤️👴👵https://t.co/Yz9HRTt6JA

— ShareACoffeeFor ☕️ (@ShareACoffeeFor) January 3, 2017
Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×