24/9/18
 
 
Menino é recusado nos escoteiros por ter mudado de sexo

Menino é recusado nos escoteiros por ter mudado de sexo

DR Jornal i 30/12/2016 19:47

Joe Maldonado entrou no grupo de escuteiros e, um mês depois, viu-se obrigado a abandonar o grupo

Um menino, de 8 anos, foi obrigado a sair de um grupo de escuteiros de Nova Jérsia, nos EUA, por ser transgénero (indivíduo que possui uma identidade de género oposto ao seu sexo designado, nomeadamente no nascimento).

Joe Maldonado entrou no grupo de escuteiros e, um mês depois, viu-se obrigado a abandonar aquele grupo "por não ter nascido rapaz", disse Kristie Madonado, mãe de Joe, ao "The Guardian".

"Não é justo que por ter nascido rapariga, eles não me deixem fazer parte do grupo", disse o pequeno Joe à CNN, referindo ainda que nunca tinha escondido que era transgénero e que era aceite por todos os seus colegas.

O diretor de comunicação dos escuteiros referiu em comunicado que Joe não tinha as condições elegíveis para participar no programa e no mesmo vinha ainda a informação de que os dados da certidão de nascimento e a informação do sexo biológico, são determinantes para a decisão de quem pode ou não ingressar no grupo de escuteiros. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×