7/3/21
 
 
François Hollande perdoa mulher que matou o marido

François Hollande perdoa mulher que matou o marido

DR Jornal i 28/12/2016 18:53

A mulher tinha sido condenada no ano de 2014 por ter matado o marido com quem estava casada há 47 anos, com três tiros

O presidente francês François Hollande condeceu perdão total a uma mulher condenada a 10 anos de prisão por ter assassinado o seu marido depois de décadas de violência e abusos.

Este caso tornou-se um símbolo da luta contra a violência conjugal e mais 400 mil pessoas assinaram uma petição em que exigiam a libertação de Jacqueline Sauvage de 69 anos.

François Hollande concedeu-lhe assim uma remissão do resto da sua pena de prisão.  

"O presidente da República considera que o lugar da Senhora Sauvage não é na prisão, mas junto da sua família. Toda a gente conhece a história desta mulher que sim foi condenada, mas que também foi vítima de violência durante toda a vida", indica um comunicado da presidência francesa.

Hollande já tinha concedido no início do ano um perdão parcial depor de ter conhecido as três filhas da mulher que explicaram terem sido violadas e espancadas, tal com a sua mãe.

De recordar que a mulher tinha sido condenada no ano de 2014 por ter matado o marido com quem estava casada há 47 anos, com três tiros, um dia após o filho se ter suicidado, em 2012

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×