20/11/19
 
 
Futebol. SEF notifica cinco jogadores do Arouca para abandonar o país

Futebol. SEF notifica cinco jogadores do Arouca para abandonar o país

Bruno Venâncio 18/11/2016 14:58

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras identificou mais 11 atletas que estarão ilegais em Portugal

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) notificou 16 futebolistas estrangeiros para abandonarem o país no prazo de 20 dias, e cinco dos quais são atletas do Arouca, primodivisionário e que esta época participou inclusive na Liga Europa.

O paraguaio Walter González e os brasileiros Bruno Lopes e Vítor Costa, além dos juniores Alseny Soumah e Morlaye Sylla, ambos com 18 anos e oriundos da Guiné Conacri, são os jogadores identificados. Thiago Carleto, que no final de outubro rescindiu o contrato que o ligava aos arouquenses, era outro dos casos, mas o brasileiro já deixou Portugal entretanto.

Ao site "MaisFutebol", o presidente do Arouca, Carlos Pinho, assumiu-se "tranquilo" com a situação, assegurando não ter recebido qualquer notificação do SEF e garantindo ainda que a situação dos jogadores em causa está a ser regularizada e que estes até já têm as apresentações no SEF agendadas.

Segundo um comunicado emitido recentemente pelo SEF, a situação dos atletas em causa foi detetada no âmbito de uma ação de fiscalização que abrangeu 40 clubes e associações desportivas, "essencialmente direcionadas para a prática do futebol, e que militam em todas as competições nacionais e distritais", tendo sido decretado um período de 20 dias para que os cidadãos em questão abandonem o país, conforme obriga a lei.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×