14/11/18
 
 
Rangel continua na direção do grupo do PPE

Rangel continua na direção do grupo do PPE

Ricardo Castelo Margarida Davim 16/11/2016 10:58

Paulo Rangel foi reeleito para a vice-presidência do Grupo do Partido Popular Europeu (PPE). Passa a ser o único membro da direção do grupo do partido no Parlamento Europeu a estar também na direção do PPE, onde é vice-presidente

A reeleição acontece uma semana depois do anúncio da disponibilidade de Rui Rio para uma candidatura à liderança do PSD e numa altura em que Rangel está cada vez mais concentrado no trabalho na Europa apesar de continuar a ser visto por muitos como um possível candidato à sucessão de Passos Coelho.

Com a liderança de Passos desgastada, há quem volte a olhar para Paulo Rangel como uma alternativa. Mas uma fonte próxima do eurodeputado social-democrata assegura ao i que a grande prioridade de Rangel é "o trabalho em Bruxelas".

A eleição agora anunciada parece dar força a essa ideia, revelando o reconhecimento que Paulo Rangel tem conseguido na Europa e que pode servir de argumento para que não volte a disputar a liderança do PSD.

“Esta reeleição representa a confiança depositada pelos meus colegas deputados no trabalho que tenho vindo a desenvolver. Para Portugal é muito relevante ter um vice presidente do Grupo parlamentar que é simultaneamente vice-presidente do partido PPE", reagiu Rangel numa nota enviada às redações na qual sublinha a importância do seu trabalho na Europa tendo em conta o contexto político nacional.

"Este facto é ainda mais  importante nas atuais circunstâncias: pelo facto de em Portugal existir um Governo socialista apoiado por partidos da esquerda anti democrática e anti europeia. É crucial que nos centros de decisão da União Europeia, Portugal e os seus partidos democráticos e europeístas mantenham lugares de relevo e influenciem as políticas da União no sentido de reforçar a solidariedade entre os Estados membros", reforça o eurodeputado.

Eleito pela quarta vez - a primeira foi em 2009 - Paulo Rangel vai assumir novamente os pelouros da presidência do European Ideas Network, a rede de think tanks do Grupo PPE e a coordenação do Grupo de Trabalho sobre o Futuro da Europa.

Além de Paulo Rangel, foram eleitos outros dez vice-presidentes para o PPE: Esteban González Pons (Espanha); Tadeusz Zwiefka (Polónia); Françoise Grossetête (França); Lara Comi (Itália); Marian Jean Marinescu (Roménia); Mariya Gabriel (Bulgária); Esther de Lange (Holanda); Sandra Kalniete (Letónia); József Szájer (Hungria).

O Presidente do Grupo PPE continuará a ser o alemão da CSU, Manfred Weber.


 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×