17/11/18
 
 
Transportes públicos de Lisboa geram mais de 1.5 mil queixas

Transportes públicos de Lisboa geram mais de 1.5 mil queixas

Miguel Silva Manuel Louro 21/09/2016 12:47

A DECO recebeu, entre fevereiro e setembro deste ano, mais de 1.5 mil queixas de utentes dos transportes públicos coletivos de Lisboa.

As queixas dos utentes dos transportes públicos coletivos incidem, principalmente, sobre atrasos, cancelamentos, preçário dos títulos de transportes, alterações e supressão de horários. Pelo menos foram estas as reclamações que a DECO recebeu na sua plataforma (www.queixasdostransportes.pt), informa através de um comunicado.

Aproveitando a realização da “Semana Europeia da Mobilidade”, a DECO revela também, que entre 11 de fevereiro e 19 de setembro, mais de 6.7 mil consumidores já se inscreveram nesta plataforma.

Na área metropolitana de Lisboa, foi anunciado um mês gratuito para as pessoas que comprarem o passe intermodal. A DECO considera uma “medida interessante”, mas que “ficará aquém das mais de 1.500 queixas dos utentes nestes concelhos”.

A entidade controlou até, durante 10 dias úteis de maio deste ano, a pontualidade e regularidade dos comboios suburbanos em todas as linhas de Lisboa, Porto e Coimbra. A conclusão foi de que “as linhas de Sintra e Cascais, ambas em Lisboa, foram as que registaram pior desempenho”. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×