18/11/18
 
 
MPLA. João Soares chama “fantochada” a Congresso onde esteve Presidente do PS

MPLA. João Soares chama “fantochada” a Congresso onde esteve Presidente do PS

José Sérgio Sebastião Bugalho 22/08/2016 13:01

​"José Eduardo dos Santos nunca foi eleito em eleições dignas desse nome" acusa o filho de Mário Soares

O ex-ministro da Cultura, João Soares, continua a usufruir publicamente da sua liberdade de expressão. Desta vez, o socialista que abandonou o governo de António Costa criticou o congresso do MPLA no qual Portugal foi o país estrangeiro mais representado. Todos os partidos da Assembleia estiverem representados em Angola, à excepção do Bloco de Esquerda.

“Agora que terminou a fantochada do Congresso do MPLA, quero reafirmar aquilo que venho dizendo há muitos anos. José Eduardo dos Santos que nunca foi eleito em eleições dignas desse nome, livres e justas, (nem internamente no MPLA),” atirou João Soares na sua página pessoal. O presidente angolano foi reeleito líder de partido com 99,6% dos votos, estando no poder há 37 anos.

O Partido Socialista, fundado pelo pai de João Soares, fez-se representar no congresso do MPLA pelo seu presidente, Carlos César. Para Soares, José Eduardo dos Santos “preside, sim, a um dos maiores bandos de ladrões no poder em todo o mundo. Com um povo a morrer de fome, carente de escolas e de serviços básicos de saúde e hospitais”. Angola tem hoje a maior taxa de mortalidade infantil no planeta.

O político português é um crítico conhecido do actual regime de Luanda, sendo que o clã Soares tem historial de maior ligação à UNITA, na oposição desde a guerra civil angolana. Nem o PS nem o governo reagiram ainda às ferozes críticas de João Soares.​

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×