25/9/18
 
 
Porque sorri tanto Usain Bolt?

Porque sorri tanto Usain Bolt?

FRANCK FIFE/AFP Jornal i 18/08/2016 08:36

Jamaicano continua a irradiar felicidade e confirma presença na final dos 200 metros. Ao contrário de Gatlin

Justin Gatlin, vice-campeão olímpico dos 100 metros, falhou a qualificação para a final dos 200 metros dos Jogos do Rio2016.

Ao contrário do norte-americano, o jamaicano Usain Bolt vai tentar alcançar o terceiro título seguido.

O sorriso de Bolt voltou a aparecer na pista. Depois da famosa fotografia tirada por Cameron, que mostrou um sorridente Usain Bolt nas meias-finais dos 100 metros, agora o jamaicano voltou a fazer o mesmo ao canadiano De Grass. Será o atleta mais bem-disposto do Rio?

Em final de carreira, o atleta da Jamaica corre para o triplo ouro olímpico: já venceu os 100 metros, está na final dos 200 metros e vai tentar a estafeta dos 4x100 metros. Seria uma repetição do que fez em Pequim 2008 e Londres 2012. E seria uma saída em grande para um atleta que chegou ao Rio como estrela e quer sair como lenda. Daí o sorriso.

Terceiro na terceira e última meia-final, Gatlin falhou a qualificação direta reservada aos dois primeiros e o tempo de 20,13 segundos foi insuficiente para estar entre os dois repescados, acabando por ser o primeiro eliminado.

Ao invés, Usain Bolt venceu a segunda meia-final à-vontade, com o seu melhor registo da temporada, 19,78 segundos, e continua a sua tentativa de alcançar um inédito 'triplo triplo'. Tricampeão dos 100 metros, o jamaicano procura repetir o feito no duplo hectómetro e nos 4x100 metros, depois dos títulos alcançados em 2008 e 2012.

Na mesma série de Bolt, Andre de Grasse foi o segundo, fixando o recorde do Canadá em 19,80, enquanto o norte-americano Lashawn Merritt fez um 'crono' de 19,94 para ganhar a primeira meia-final à frente do francês Christophe Lemaitre (20,01).

Na série de Gatlin, a mais lenta, passaram o panamiano Alonso Edward (20,07) e o holandês Churandy Martina (20,10). O britânico Adam Gemili (20.08) e o turco Ramil Guliyev (20,09) foram repescados por tempo.

De fora, além de Gatlin, ficaram os jamaicanos Yohan Blake, medalha de prata em Londres2012, e Nickel Ashmeade e o espanhol Bruno Hortellano, campeão da Europa.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×