23/9/18
 
 
BPN custou 3200 milhões ao Estado

BPN custou 3200 milhões ao Estado

Jornal i 16/08/2016 15:26

Segundo o relatório do Tribunal de Contas

O custo acumulado da nacionalização do Banco Português de Negócios (BPN) para o Estado ultrapassou os 3.200 milhões de euros até ao final de 2015, segundo um relatório divulgado pelo Tribunal de Contas.

No relatório sobre o acompanhamento da execução orçamental da Administração Central em 2015, o Tribunal de Contas aponta que apenas no ano passado o BPN agravou o seu peso nas contas públicas em 590,8 milhões de euros.

Assim, a fatura do BPN nas contas públicas totalizou, no ano passado, 3.237,5 milhões de euros, que resulta do saldo negativo acumulado dos anos anteriores: 735,8 milhões de euros em 2011, 966,4 milhões em 2012, 468 milhões em 2013, 476,6 milhões em 2014 e 590,8 milhões no ano passado.

Segundo o Jornal de Negócios, o Tribunal de Contas admite que este é um valor provisório que poderá ser corrigido no Parecer sobre a Conta Geral do Estado de 2015, bem como o total acumulado.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×