19/11/18
 
 
Rio16. O inédito aconteceu na natação

Rio16. O inédito aconteceu na natação

GABRIEL BOUYS/AFP Jornal i 12/08/2016 08:30

Numa final emocionante, duas nadadoras bateram na parede com o mesmo tempo. E recorde olímpico

O Rio de Janeiro tem sido afetado com muita coisa antes e durante estes Jogos Olímpicos. A Vila Olímpica tem sido muito criticada pelos ateltas e as redes sociais foram inundadas com fotos de reclamações, a cidade ficou um estaleiro durante os ultimos dois anos até poucos dias da Cerimónia de Abertura do evento. A água da piscina das provas dos saltos ficou verde devido a uma alga. E agora?

Agora, a norte-americana Simone Manuel e a canadiana Penny Oleksiak conquistam ouro nos 100 metros livres: uma situação inédita no programa da natação feminina em Jogos Olímpicos.

Numa final emocionante, digna da prova rainha da natação olímpica, Simone Manuel e Penny Oleksiak foram creditadas com o mesmo tempo, vencendo a prova em 52,79 segundos, novo recorde olímpico.

Na terceira posição, e consequentenmente com a medalha de bronze, ficou a sueca Sarah Sjostrom.

A situação, inédita nestes Jogos do RIo, já se tinha verificado em 1984, nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, quando duas nadadoras 'bateram' na parede com o mesmo tempo, com 55.92 segundos. Na altura o feito foi conseguido por uma norte-americana e uma canadiana, tendo as duas arrecadado a medalha de ouro.
 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×