13/11/18
 
 
Ambiente. Desde ontem que estamos a viver acima das nossas possibilidades

Ambiente. Desde ontem que estamos a viver acima das nossas possibilidades

Shutterstock Mariana Madrinha 09/08/2016 18:21

Desde 1970 que o "orçamento natural" do planeta não é respeitado

Toda a água que usou hoje no duche, o bife do almoço e o combustível que gastou a caminho do trabalho – para não falar do ar condicionado – só deveriam ser utilizados a 1 de janeiro de 2017. Confuso? Passamos a explicar: desde ontem que o planeta esgotou os recursos naturais disponíveis para este ano. A partir de agora, estaremos a viver acima do “orçamento natural” também designado como “overshoot day”.

A última vez que nenhum país do planeta ultrapassou as marcas e conseguimos passar um ano inteiro sem recorrer a créditos foi em 1970, explica a associação ambientalista ZERO. Em Portugal, no ano passado, vivemos mais cinco dias dentro dos limites já que o “overshoot day” foi a 13 de agosto.

O lugar de Portugal nesta lista não é famoso. Estamos “no grupo dos 35 países com maior défice ambiental em todo o mundo”, revela a ZERO. “Portugal é, há já muitos anos, deficitário na sua capacidade para fornecer os recursos naturais necessários às atividades desenvolvidas (produção e consumo). A nossa pegada per capita é de 3,9 hectares globais, mas a nossa biocapacidade é de 1,5 hectares globais. Ficam a faltar 2,4 hectares globais per capita, o que significa que a nossa pegada ecológica excede em 160% a nossa biocapacidade”, explicam os ambientalistas.

Todos temos uma palavra a dizer para mudar o rumo - há pequenos hábitos que podemos adquirir para não esgotarmos o crédito ambiental. Aqui ficam algumas sugestões:

- Comer produtos sazonais

- Diminuir o consumo de carne

- Fazer reciclagem

- Usar transportes públicos ou meios de transporte suaves, como a bicicleta

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×