18/11/18
 
 
Malas prontas. Estes são os destinos que mais convencem os portugueses

Malas prontas. Estes são os destinos que mais convencem os portugueses

Sofia Martins Santos 08/08/2016 18:20

Quando chega a hora de escolher para onde ir para fora, os turistas nacionais optam sobretudo por Inglaterra, França e Barcelona. Este ano, os Jogos Olímpicos fizeram com que a procura do Brasil também crescesse

O verão chegou e, para muitos, esta altura é acima de tudo sinónimo de férias. Mas se Portugal é o sítio ideal para passar umas boas férias, há quem prefira conhecer novos lugares e já só espera pela hora de poder fazer o check-in.

Isto porque a maioria dos portugueses já têm tudo tratado e só falta pegar nas malas e levá--las para o destino escolhido, para uns dias a recarregar baterias. Contas só mesmo no fim, mas é possível saber quais são as preferências dos portugueses quando chega a hora de escolher um destino fora do país. De acordo com a eDreams, agência de viagens de voos online, os destinos que vão ser mais visitados pelos turistas nacionais este verão são Londres, Paris e Barcelona. Os dados mostram que, mais uma vez e à semelhança do que se verificou no ano passado, as primeiras quinzenas de julho e de agosto são as mais procuradas pelos turistas nacionais. Mas, ainda assim, para a primeira semana de setembro registou-se um aumento do volume total de reservas. 

Também a Momondo, um dos principais portais de reservas através da internet, elaborou uma lista dos destinos que continuam a conquistar os turistas portugueses. A conclusão é a mesma: a procura continua a ser maioritariamente para Inglaterra, França e Espanha. 

Mais dinheiro na carteira De acordo com um estudo feito pela Odisseias, prevê-se que os portugueses, mesmo com problemas na carteira, estejam dispostos a gastar uma média de 772 euros nas férias - um valor que representa um aumento de 22% em relação aos 631 euros do estudo do ano passado. 

No entanto, para quem está disposto a sair do país, o orçamento disponível é superior. De acordo com a Cetelem, quem escolheu sair do país está disposto a gastar cerca de 1500 euros nas férias (um aumento de 33% em comparação com o ano de 2015). Mas se, por um lado, estão dispostos a gastar mais dinheiro nas férias, os portugueses também estão mais conscientes das escolhas que permitem poupar. Segundo um estudo da Marktest, as companhias aéreas low-cost têm ganho cada vez mais adeptos entre os turistas nacionais, sendo o preço o principal fator a ter em conta no momento de tomar uma decisão. 

Portugueses viajam mais No ano passado, os portugueses efetuaram 19,15 milhões de deslocações turísticas, o que representa o número mais alto de sempre. De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o número inédito de viagens durante o ano passado representa um acréscimo de 7% relativamente a 2014. 

Segundo o instituto, o principal motivo apontado pelos inquiridos para viajar foi “a visita a familiares ou amigos (8,6 milhões de viagens)”, seguindo-se “o lazer, recreio ou férias (8,1 milhões). Já as viagens “profissionais ou de negócios” fixaram-se nos 1,7 milhões. Só tendo em conta os dados do quarto trimestre de 2015, a “população residente em Portugal realizou 4,16 milhões de deslocações turísticas”.  

Tendência europeia A verdade é que, de uma forma geral, os europeus viajam cada vez mais e mostram uma maior predisposição para gastar dinheiro com viagens e lazer. No total, o Eurostat registou 2,8 mil milhões de dormidas em contexto de turismo. 

Segundo os dados do TGI, estudo da Marktest realizado em 60 países - que analisa também o comportamento dos portugueses -, o número de pessoas que têm viajado de avião em lazer tem estado a aumentar. 

Já em relação aos destinos, também este estudo confirma que quando chega a hora de decidir fazer as malas e voar, as escolhas são Espanha e França (19%), seguidos de Inglaterra e Irlanda (16%). Os dados mostram que entre os que optam por passar férias em Portugal, muitos fazem--no de olhos postos no estrangeiro. Ainda assim, o Observador Cetelem revela que o número de portugueses que este ano não vão de férias por não terem disponibilidade financeira diminuiu para 25%, em comparação com 31% no ano anterior. 

Também no que diz respeito à preparação da viagem há comportamentos comuns: 64% dos portugueses optam por viajar em Portugal sem fazerem qualquer reserva, um cenário que muda quando o destino é no estrangeiro. “Os que vão para o estrangeiro optam maioritariamente pelas agências de viagens (46%), enquanto 36% fazem as reservas através de plataformas online, como o Momondo ou o Booking. Apenas 10% fazem a reserva das viagens diretamente com a companhia aérea e 8% optam por não fazer reservas”, explica o mesmo estudo.

Reino Unido é destino de eleição

Londres na lista dos destinos mais procurados pelos turistas nacionais já não é uma novidade. A verdade é que esta cidade continua a atrair os portugueses. Já no ano passado, a Europa esteve em destaque na hora de escolher para onde ir e muitos foram os que aproveitaram para passar uns dias de férias em Londres. De acordo com a análise feita pela agência de viagens online eDreams, no ano passado, os destinos mais visitados pelos turistas nacionais durante a época balnear foram Londres, Paris e Funchal. Mas este destino voltou a conquistar quem viajou mais no final do ano passado. Viagens no outono com esta cidade como destino também se multiplicaram. Noutros anos, Londres esteve igualmente na lista de preferências em várias alturas do ano. Na Páscoa de 2014, por exemplo, muitos foram os que rumaram a Londres.

França continua a fazer parte da lista

A capital francesa é o destino favorito dos turistas a nível mundial, seguindo-se a Itália, Nova Iorque (Estados Unidos da América), Londres (Inglaterra) e Bali (Indonésia), de um total de 60 destinos favoritos, garantiam os dados de um estudo divulgado no Congresso Internacional de Turismo da Escola Superior de Turismo e Tecnologias do Mar de Peniche, realizado no final do ano passado. A verdade é que Paris sempre contou com a preferência dos portugueses e nem o terrorismo conseguiu mudar este fluxo. Já no último réveillon continuou a constar da lista de destinos que mais convencem os portugueses que querem passar uns dias fora. Ainda assim, Paris tem sofrido uma quebra na procura por causa da insegurança. Os atentados em Paris, em novembro do ano passado, penalizaram desde cedo o setor do turismo.

Espanha é já uma tradição

 Dizem que de Espanha nem bons ventos nem bons casamentos. Mas as férias têm agradado aos turistas portugueses que apostam no país vizinho. A verdade é que as cidades espanholas conquistam todos os anos vários portugueses que decidem passar uns dias de descanso fora de Portugal. Barcelona é uma das cidades que mais convencem na hora de escolher, mas existem muitas outras que costumam contar com a presença de portugueses, como Madrid.

Brasil. Jogos Olímpicos convidam a viagem

Com os Jogos Olímpicos, o Brasil, país anfitrião deste que é um dos maiores eventos desportivos do mundo, subiu no ranking eDreams de destinos mais visitados pelos turistas nacionais este verão. Este é um destino que ganha pela proximidade de culturas e do próprio idioma. O país sempre foi muito procurado por portugueses na altura do réveillon.

 

 

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×