24/1/21
 
 
CDS considera “inaceitável” que Rocha Andrade tenha aceitado convite da Galp

CDS considera “inaceitável” que Rocha Andrade tenha aceitado convite da Galp

Raquel Wise Jornal i 04/08/2016 13:36

Nuno Magalhães considera que Rocha Andrade não tem condições para continuar no cargo de secretário de Estado dos Assuntos Fiscais

O CDS voltou a pedir a demissão do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade, por ter aceitado uma viagem da Galp, empresa que está em litígio com a Autoridade Tributária e Aduaneira.

"Acho normal que as empresas possam fazer convites. Não acho normal é que quem as tutela e tem com elas um diferendo os aceite", afirmou Nuno Magalhães, durante uma conferência de imprensa esta quinta-feira.

O líder parlamentar do CDS, que considerou “inaceitável” que Rocha Andrade tenha aceitado o convite da petrolífera, disse ainda que o secretário de Estado não tem condições para continuar no cargo e que cabe a António Costa "tirar essa ilação" e "agir em conformidade".

Já ontem, Telmo Correia tinha pedido a demissão de Rocha Andrade. “É um procedimento reprovável e não é de maneira nenhuma aceitável. A situação é reprovável e grave”, afirmou o centrista, realçando ainda que existe um “conflito público” entre a Galp e o governo.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×