2/12/20
 
 
Presidente da Comissão da Carteira diz que Ronaldo cometeu “um crime”

Presidente da Comissão da Carteira diz que Ronaldo cometeu “um crime”

AP Jornal i 22/06/2016 18:04

"Está em causa um crime de atentado à liberdade de informação".

O presidente da Comissão da Carteira de Jornalistas, Henrique Pires Teixeira, afirmou esta quinta-feira que Cristiano Ronaldo cometeu um crime de liberdade de informação. Em causa está o facto de o capitão da seleção nacional ter atirado um microfone da CMTV para um lago de Lyon.

"Está em causa um crime de atentado à liberdade de informação. O jornalista da CMTV estava a trabalhar e a cumprir a sua função", afirmou.

“Só resta saber se Ronaldo agiu com intenção de o impedir de informar ou se havia alguma picardia anterior entre ambos. Trata-se de um crime público e o Ministério Público terá de investigar", disse ao jornal Expresso.

A atitude de Cristiano Ronaldo foi comentada no mundo inteiro e gerou milhares de reações na Internet.

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×