23/04/2024
 
 
Copa América. Argentina sem pena dos EUA para chegar à final
Higuaín marcou dois golos

Copa América. Argentina sem pena dos EUA para chegar à final

Higuaín marcou dois golos Eric Gay/AP Jornal i 22/06/2016 12:53

A quarta final de Messi pela seleção, depois dos desaires nas finais da Copa América de 2007 e 2015 e do Mundial de 2014.

A Argentina assegurou um lugar na final da Copa América do Centenário, ao golear os anfitriões EUA por 4-0, em mais uma grande noite do capitão Lionel Messi, em Houston.

Messi marcou de de livre direto, aos 32 minutos, o seu 55.º golo da seleção, em 112 jogos, e fez duas assistências, para Ezequiel Lavezzi, que fez uma homenagem a Maradona, aos três, e para o segundo de Gonzalo Higuaín, que bisou, aos 50 e 86.

Lionel Messi, que soma cinco golos e quatro assistências na prova, em 254 minutos, volta, assim, a estar a um jogo de conseguir um título pela Argentina, depois dos desaires nas finais da Copa América de 2007 e 2015 e do Mundial de 2014, sendo que o adversário será o detentor Chile ou a Colômbia.

Os albicelestes, que podem igualar os 15 títulos do recordista Uruguai e acabar com uma seca que dura desde 1993, dominaram o encontro por completo, não permitindo que os Estados Unidos criassem uma única ocasião de golo.

Para a Argentina, a noite só não foi perfeita devido às lesões de Augusto Fernández, Ezequiel Lavezzi, que se magoou num braço ao cair para trás dos painéis publicitários, e Marcos Rojo, cujas presenças na final poderão estar em causa.

Quanto à formação de Jürgen Klinsmann, ainda pode, à quarta presença, melhorar o seu melhor registo de sempre na prova, o quarto lugar de 1995, o que acontecerá se vencer sábado o jogo de atribuição do bronze.
 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline