8/3/21
 
 
Polícia deixa François Hollande e Manuel Valls 'pendurados'

Polícia deixa François Hollande e Manuel Valls 'pendurados'

DR Jornal i 17/06/2016 17:12

Como forma de protesto pela falta de meios dispensados para as forças policias.

O presidente francês, François Hollande, e o primeiro-ministro, Manuel Valls despediram-se de cada um dos agentes no final da homenagem em Versalhes, em memória do casal de funcionários de uma esquadra, assassinado esta segunda-feira.

#HommageNational Au premier rang, un homme refuse de serrer la main. @fhollande passe outre, @manuelvalls s'énerve pic.twitter.com/chun5oSss5

— Loïc Besson (@loicbesson) 17 de junho de 2016

Hollande não mostrou qualquer importância à recusa do cumprimento, por parte do agente e agiu naturalmente. O mesmo não se passou com o primeiro-ministro. Valls exigiu o aperto de mão que, no entanto, foi novamente recusado.

O agente trabalha na esquadra de Mantes-la-Jolie, a mesma localidade do assassino, e em entrevista à TF1 afirma que quis mostrar indignação perante a falta de meios. “Temos três veículos para 40 pessoas. O que se deve fazer? Atuar”.
 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×