4/7/20
 
 
Amianto. Quercus congratula Governo pelas novas medidas

Amianto. Quercus congratula Governo pelas novas medidas

José Sérgio Mariana Madrinha 17/06/2016 13:59

A tutela de Matos Fernandes avisou que vai retirar todo o amianto ainda existente nos edifícios públicos do país, tais como escolas e outros locais “considerados prioritários”

A associação ambientalista Quercus congratulou hoje, em comunicado, as novas diretrizes do Governo para a remoção de amianto no país. Com mais financiamento e um plano mais abrangente, a tutela de Matos Fernandes avisou que vai retirar todo o amianto ainda existente nos edifícios públicos do país, tais como escolas e outros locais “considerados prioritários”. A Quercus parabeniza ainda o executivo por ter “classificado o amianto como um assunto prioritário, dando cumprimento às recomendações do CESE - Comité Económico e Social Europeu”. A própria associação tinha já dirigido várias solicitações ao Governo para “identificar e atuar nas situações classificadas como prioritárias”.

O anúncio de que a retirada do amianto seria uma prioridade foi feito a 8 de  junho pelo Ministro do Ambiente. Ao todo, há 2.000 edifícios públicos cobertos de amianto, diz o Jornal de Negócios. As verbas para efetuar a operação ascenderão a 200 milhões de euros.

A Quercus diz, no entanto, que é preciso cuidado na remoção das fibras de amianto. “As intervenções têm que ser executadas com controlo e rigor, permitindo a remoção criteriosa dos materiais contaminados com fibras de amianto, sem que os espaços sejam contaminados devido à falta de cuidado e conhecimento de muitas empresas que realizam este tipo de tarefas”. Sobre estas empresas,  os ambientalistas lembram ainda que é necessário “regular o mercado de trabalho das empresas que removem amianto em Portugal”.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×