20/9/18
 
 
Número de emigrantes desce para 101 mil no ano passado

Número de emigrantes desce para 101 mil no ano passado

Shutterstock João Madeira 16/06/2016 11:50

Portugal registou no ano passado cerca de 40 mil emigrantes permanentes e 61 mil temporários

Portugal registou no ano passado, pela primeira vez desde o programa da troika, uma redução do número de emigrantes permanentes e temporário. No total, saíram do país 101 mil pessoas, uma redução de 25% face ao valor de 2014.

Segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), Portugal registou no ano passado cerca de 40 mil emigrantes permanentes e 61 mil temporários. É considerado emigrante permanente quem  deixou o país com a intenção de residir noutro país por um período igual ou superior a um ano. Os temporários têm a intenção de permanecer noutro país por um período inferior a um ano.

Em ambas as componentes da emigração há uma descida. Com esta redução, a emigração anual regressa a níveis de 2011, quando perto de 101 mil cidadãos deixaram o país. Desde então, os números aumentaram todos os anos, até atingir um recorde de quase 135 mil pessoas em 2014.

Apesar de tudo, frisa o INE, o saldo migratório – diferença entre novos imigrantes e novos emigrantes -  manteve-se “pelo quinto ano consecutivo com com valor negativo, ainda que mais atenuado”.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×