23/9/18
 
 
Dia da Marijuana. Em dia de impeachment, há quem marche pela maconha

Dia da Marijuana. Em dia de impeachment, há quem marche pela maconha

20/04/2016 10:57

O consumo de marijuana é polémico e o seu dia está envolvo num mistério, apenas decifrável pelo código 4:20, sendo o 4 referente a abril e 20 ao dia de hoje. Há quem atribua estes números a um código usado pelas autoridades americanas para identificarem traficantes ou consumidores, mas a versão oficial relaciona o formato 4:20 ao momento em que, nos anos 70, um grupo de amigos de um colégiona Califórnia se reunia para fumar. Decifrados os códigos, abramos o cofre das últimas noticias sobre o tema. Afinal, estamos em dia de aniversário. 

Em um dia marcado por atos contra e a favor do impeachment da presidente Dilma Roussef, cerca de 500 pessoas, de acordo com os organizadores, reuniram-se em Curitiba para fazer um protesto a pedir a legalização da maconha.  

A poucos quarteirões deste grupo, estavam reunidas mais de 5 mil pessoas em protesto contra o seguimento do processo de impeachment de Dilma.

Apesar de estarem em menor dimensão, os participantes da marcha pela maconha obrigaram a alterações de última hora: os movimentos pró-impeachment viram-se obrigados a mudar a praça onde iam instalar o ecrã gigante para acompanharem a votação de domingo.

// Relacionados

Dia da Marijuana. Em dia de impeachment, há quem marche pela maconha

Dia da Marijuana. A dieta da canabis

Dia da Marijuana. “80% dos jogadores da NBA consomem”

Dia da Marijuana. Ajuda para dores menstruais

Dia da Marijuana. Chile tem a maior plantação de marijuana

Dia da Marijuana. Freiras plantam para fins medicinais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×