28/10/20
 
 
Marcelo dá posse a novo ministro da Cultura e dois secretários de Estado

Marcelo dá posse a novo ministro da Cultura e dois secretários de Estado

João Girão Ricardo Rego 14/04/2016 17:41

O Presidente da República deu hoje posse ao novo ministro da Cultura, Luís Castro Mendes, nomeado pelo primeiro-ministro, António Costa, na sequência da demissão de João Soares. 

A cerimónia decorreu na sala das Bicas do Palácio de Belém. Tomaram ainda posse o novo secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, e João Paulo Rebelo, secretário de Estado da Juventude e Desporto, que entra para o lugar de João Wengorovius Meneses, que pediu a demissão por estar em “profundo desacordo” com o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

Assistiram à tomada de posse dos novos membros do Executivo, ministros como Augusto Santos Silva, dos Negócios Estrangeiros, Eduardo Cabrita, ministro-adjunto ou Francisca Van Dunem, da Justiça. João Soares também assistiu à cerimónia que conferiu posse ao seu sucessor.

Numa sala ao lado, Gabriela Canavilhas, ex-ministra da Cultura do governo Sócrates, João Cravinho, ex-ministro do Equipamento do governo de António Guterres, e várias nomes ligados à Cultura, como Tiago Rodrigues, diretor do Teatro Nacional D. Maria II, ou Tiago Guedes,  diretor do Teatro Rivoli, no Porto, seguiram a tomada de posse presidida por Marcelo Rebelo de Sousa.

No final de sessão de cumprimentos, Luís Castro Mendes fez uma curta declaração à imprensa. O novo ministro da Cultura prometeu “diálogo” e criar “alianças” entre as instituições, o poder local, as fundações e as autonomias. Sobre o Orçamento disponível para a Cultura, Castro Mendes recusou lamentar e reconheceu que muito provavelmente “os primeiros” a estarem “insatisfeitos” que a fatia do Orçamento do Estado reservada à Cultura serão mesmo “António Costa e Mário Centeno”, ministro das Finanças.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×