24/03/2023
 
 
CDS. Raúl Almeida demite-se da direção

CDS. Raúl Almeida demite-se da direção

DR Ricardo Rego 12/04/2016 15:50

Raúl Almeida demitiu-se ontem da vice-presidência da distrital de Aveiro do CDS. O ex-deputado acusa Jorge Pato, presidente da distrital eleito no ano passado para um mandato de dois anos, de estar refém da estratégia e das indicações que chegam da direção nacional do CDS e de ser “um embaixador dos interesses de Lisboa em Aveiro”.

Contactado pelo i, Raúl Almeida confirma a demissão e diz que regressa agora à sua condição de militante sem responsabilidades na direção. “Não fazia sentido ter um primeiro vice-presidente que não é tido para nada. Além disso, recuso estar numa estrutura que faz o contrário de tudo aquilo que eu penso e ainda ter que assinar por baixo”, explica.

As críticas do ex-líder da distrital de Aveiro a Jorge Pato (atual líder) há muito que são conhecidas e a rutura foi consumada por altura das legislativas de Outubro. Raúl Almeida critica o facto de o CDS ser a única bancada parlamentar que não tem deputados de Aveiro eleitos para a Assembleia da República. Isto porque João Almeida e António Carlos Monteiro, os dois únicos deputados eleitos por aquele círculo eleitoral, são de Lisboa. “São duas pessoas de Lisboa a representar Aveiro”, sublinha.

O ex-dirigente acusa, por isso, a atual direção de estar a tirar “peso e força” à distrital, na medida em que se limita a estar ao “serviço da direção” nacional dos centristas. “A estrutura de Aveiro serve para encher salas e abanar bandeirolas”, lamenta.

Raúl Almeida cumpriu três mandatos no Parlamento (entre 1999 e 2015), para os quais foi sempre eleito por Aveiro. Em 2005 foi eleito líder da distrital de Aveiro do CDS, tendo sido depois reconduzido para mais dois mandatos.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline