15/11/18
 
 
Adolescentes condenadas a prisão perpétua por torturarem mulher até à morte

Adolescentes condenadas a prisão perpétua por torturarem mulher até à morte

Shutterstock Jornal i 07/04/2016 19:24

Duas adolescentes foram condenadas a prisão perpétua por ter torturado uma mulher até à morte, em sua casa, em Hartlepool (Reino Unido).

As jovens, que tinham 13 e 14 anos na altura do crime, terão de cumprir pelo menos 15 anos de prisão, lê-se no Guardian.

Angela Wrightson , de 39 anos, é descrita como sendo uma mulher vulnerável. Alcoólica, a britânica tinha ficado amiga das adolescentes e comprava-lhes bebidas alcoólicas e doces. Atualmente com 15 anos, as jovens foram convidadas a ir a casa da mulher, onde a agrediram, recorrendo a objetos como uma televisão, uma pá, uma mesa de café. Depois de nove horas de tortura e mais de 100 ferimentos, Angela acabou por morrer. 

As adolescentes terão ainda tirado selfies durante o ataque. Publicaram ainda no Snapchat uma fotografia tirada no carro da polícia, adianta o Independent.

O juiz que as condenou descreveu o incidente como um “ataque cobarde”. “Sem dúvida que a Angie sofreu muito, não só a nível psicológico como físico, até perder os sentidos e morrer”, afirmou.

Numa carta lida pelo juiz em tribunal, a mãe de Angie descreve o horror ao ver o corpo da filha mutilado na morgue. “Ela acha que nunca mais vai conseguir esquecer essa imagem”.

O julgamento durou oito semanas e, durante esse tempo, as adolescentes não terão demonstrado remorsos por aquilo que fizeram.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×