22/9/18
 
 
Família de cantor belga em estado de choque com “Charlie Hebdo”

Família de cantor belga em estado de choque com “Charlie Hebdo”

DR Jornal i 31/03/2016 16:14

O jornal satírico parisiense publicou uma capa com o cantor a interpretar o seu êxito “Papá onde estás”, com o fundo da bandeira belga e com pedaços de um corpo a responder: “aqui”. Acontece que o pai do cantor foi assassinado no Ruanda em circunstâncias similares

Saberiam os desenhadores do “Charlie Hebdo” que o pai do cantor Stromae tinha sido mesmo “cortado em pedaços”? Questionam fontes da família do cantor citadas pelo diário francês “Le Figaro”.

No último número da revista saído a 30 de Março, depois dos atentados em Bruxelas, o “Charlie Hebdo” fez uma capa de humor negro como é seu apanágio, colocanto o cantor Stromae, rodeado de pedaços de um corpo, a cantar: “Papá onde estás”, enquanto um braço, uma perna e um olho lhe vão respondendo: “Aqui”, “aí”, “e aqui também”.

A capa era suficientemente polémica e provocou reacções de indignação em muitos belgas, mas a família do cantor está ainda mais indignada por um facto trágico da história da família. A capa, propositadamente ou não, coloca o dedo na ferida: durante o genocídios dos tutsis no Ruanda, em 1994, o pai do cantor foi assassinado em circunstância terríveis: o seu corpo foi cortado em pedaços. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×