3/7/20
 
 
Parlamento. Bloco apresenta “voto de condenação pela perseguição política em Angola”

Parlamento. Bloco apresenta “voto de condenação pela perseguição política em Angola”

José Sérgio Luís Claro 28/03/2016 20:48

Bloquistas querem que AR repudie atropelos aos direitos humanos

O Bloco de Esquerda apresentou esta tarde, na Assembleia da República, “um voto de condenação pela perseguição política em Angola”. A iniciativa, que será debatida na quinta-feira, surgiu na sequência das condenações de Luaty Beirão e outros 16 ativistas.

O Bloco de Esquerda propõe que a Assembleia da República condene “a perseguição aos ativistas políticos angolanos”, repudie “o processo judicial e os atropelos aos direitos humanos” e apele “à sua libertação”.

No texto, o grupo parlamentar do BE defende que os ativistas foram “ilegalmente detidos” e condenados por “exercerem direitos fundamentais consagrados na Declaração Universal dos Direitos Humanos: “toda a pessoa tem direito à liberdade de pensamento, de consciência e de religião”.

“O regime político angolano não se inibiu de levar por diante a encenação judicial e concluir com penas de prisão todo um processo que violou recorrente e deliberadamente a própria lei angolana e o direito internacional”, diz o “voto de condenação” apresentado pelo Bloco de Esquerda.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×