15/11/18
 
 
Capa de edição especial do Charlie Hebdo mostra um Deus assassino

Capa de edição especial do Charlie Hebdo mostra um Deus assassino

Jornal i 04/01/2016 18:06

O jornal satírico francês Charlie Hebdo lança na quarta-feira uma edição especial para assinalar o primeiro aniversário do atentado que matou vários membros da sua equipa. Na capa, os cartoonistas decidiram colocar o desenho de um Deus com uma kalashnikov e a roupa ensanguentada.

‘Um ano depois, o assassino continua em fuga’ é a frase destacada na capa. Está prevista uma tiragem de cerca de um milhão de exemplares, com dezenas deles a serem enviados para o estrangeiro.

A edição especial inclui desenhos dos cartoonistas mortos no ano passado - Cabu, Wolinski, Charb, Tignous, Honoré – e de algumas figuras conhecidas do grande público, como a ministra da cultura francesa Fleur Pellerin, e as atrizes Isabelle Adjani e Juliette Binoche.

Nesta número, o diretor do jornal, o cartoonista Riss, escreve um editorial a apontar o dedo aos "fanáticos embrutecidos pelo Corão" e os "beatos de outras religiões". Risse, que ficou gravemente ferido durante os atentados, garante que "as convicções dos ateus e dos leigos podem mover ainda mais montanhas que a fé dos crentes".

Os atentados jihadistas perpetrados contra o jornal satírico, a 7 de janeiro de 2015, mataram doze pessoas. Tudo por causa da publicação de uma caricatura de Maomé.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×