5/6/20
 
 
Elísio Summavielle 12/12/2015
Elísio Summavielle

opiniao@newsplex.pt

52 sábados

Passa hoje um ano desde que aqui iniciei esta coluna semanal, mas, por nefasta coincidência, será este o último sábado em que o i sai para a rua, deixando de ser publicado ao fim de semana. Devo sublinhar que acompanhei sempre o i com regularidade, e que foi de facto aquilo a que então chamei a “revolução do agrafo”, a par do formato simpático e de bom gosto gráfico, o que desde logo me atraiu no manuseamento de um jornal diferente, de leitura escorreita, e que não se desfaz com a ventania.

Independentemente de sucessivas linhas editoriais conjunturais, o i foi-se mantendo sempre fiel à ideia base da notícia essencial, curta e objetiva, privilegiando temas de fundo, entrevistas, e também como espaço aberto à opinião plural e regular de colaboradores externos que, tal como eu (obrigado, Luís Osório!), com maior ou menor qualidade sentem gosto em expressar opinião.

Preocupa-me agora sim, antes de tudo, o destino de tantos trabalhadores que fizeram a casa, de muitos bons e jovens profissionais que assim, de um momento para o outro entram no desemprego e sem grandes perspetivas de integração, num país que desgraçadamente não lê jornais. Não desejaria nunca estar na pele de quem tem a responsabilidade de estar na linha da frente numa situação destas, porque sei bem o que são momentos maus e dolorosos como este. Aos muitos que saem, e particularmente àqueles com quem lidei ao longo deste ano, deixo-lhes um abraço solidário e votos de sucesso futuro. Aos que ficam, força e coragem, na certeza de que tudo farão para que um bom projeto consiga vingar. O resto é irrelevante.  

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×