23/10/19
 
 
Rui Miguel Tovar 14/12/2015
Rui Miguel Tovar
Desporto

rui.tovar@ionline.pt
@ruimtovar

14 Dezembro 1986. O 7-1 do Sporting ao Benfica

E só há 1-0 ao intervalo

Ninguém consegue dormir. Os jogadores do Sporting festejam exuberamente, os do Benfica estão com insónias. É o lado A e B da maior goleada entre os rivais de Lisboa. É o 7-1 do Sporting ao Benfica em Alvalade, com 1-0 ao intervalo. É o póquer de Manuel Fernandes, que guarda a bola para a filha aniversariante. É a coroa de glória de Manuel José, antes dos 19 títulos ao serviço do Al Ahly. Grande jogo, de facto. A RTP até passa o jogo na íntegra pela noite dentro. Mas as contas fazem-se no fim: depois do 7-1, o Sporting passa seis jogos seguidos sem ganhar e acaba o campeonato em quarto lugar, atrás do campeão Benfica, que também vence a Taça de Portugal. A quem? Ao Sporting.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×