21/9/18
 
 
Taiwan e China fazem primeira troca de espiões desde 1949
O espião chinês, natural de Hong Kong, esteve 16 anos preso em Taiwan

Taiwan e China fazem primeira troca de espiões desde 1949

O espião chinês, natural de Hong Kong, esteve 16 anos preso em Taiwan FAZRY ISMAIL/EPA Jornal i 30/11/2015 10:03

Os agentes taiwaneses foram sequestrados em território vietnamita e transportados para a China.

Taiwan e China realizaram, no passado dia 13 de Outubro, a primeira troca de espiões entre os dois territórios desde 1949, informou esta segunda-feira o Ministério da Defesa da ilha, em conferência de imprensa.

Dois taiwaneses condenados em 2006 por espionagem a favor da ilha, os coronéis Chu Kang-hsu e Hsu Chang-kuo, foram libertados na China. Em troca, Taiwan libertou o chinês Li Zhihao, condenado a prisão perpétua por espionagem, estando também a considerar a libertação de outro recluso cujo nome não foi divulgado.

“Esta é a primeira troca deste tipo e tem grande significado histórico e político”, escreve hoje o diário taiwanês Zhongguo Ribao.

O porta-voz do Ministério da Defesa da ilha, o general Luo Shuo-he, explicou que os agentes taiwaneses foram sequestrados em território vietnamita e transportados para a China, onde foram condenados a prisão perpétua e à morte, com as penas a serem mais tarde comutadas para 20 anos de prisão.

O espião chinês, natural de Hong Kong, esteve 16 anos preso em Taiwan, até a ilha aceitar conceder-lhe liberdade condicional.

O porta-voz presidencial de Taiwan, Charles Chen, atribuiu este acordo à “boa vontade gerada” pela preparação do histórico encontro entre os presidentes de Taiwan, Ma Ying-jeou, e da China, Xi Jinping, celebrado a 07 de Novembro em Singapura.

Lusa

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×