23/02/2024
 
 
Tabaco. Ministério Público pede condenação para suspeitos de contrabando
A leitura do acórdão está agendada para 18 de Dezembro

Tabaco. Ministério Público pede condenação para suspeitos de contrabando

A leitura do acórdão está agendada para 18 de Dezembro Shutterstock Jornal i 11/11/2015 17:16

No grupo dos 30 suspeitos está um agente da PSP, para o qual o MP não pediu nenhuma pena concreta.

O Ministério Público (MP) pediu esta quarta-feira em Gaia condenação para quatro de 30 acusados de contrabandear tabaco para abastecer a região Norte e, para os restantes, requereu apenas “justiça”. 

No grupo dos 30 suspeitos está um agente da PSP, para o qual o MP não pediu nenhuma pena concreta. 

Os factos remontam a 2010 quando a Unidade de Acção Fiscal da Guarda Nacional Republicana (GNR) do Porto deteve várias pessoas no âmbito de uma operação de combate a actividades ilícitas relacionadas com os crimes de contrabando qualificado, introdução fraudulenta no consumo qualificada, fraude fiscal qualificada e associação criminosa. 

Durante a operação policial associada ao caso e desencadeada em Fevereiro de 2010, foram executados 35 mandados de busca tendo sido apreendidos 13 veículos e 30.000 maços de tabaco de diversas marcas, 1.560 litros de produtos carburantes, 40 telemóveis, cinco computadores, diversos artigos informáticos, bem como três armas e documentos relacionados com actividades ilícitas. 

A leitura do acórdão está agendada para 18 de Dezembro, às 09h30.
 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline