13/11/19
 
 
Finlândia adverte que zona euro está numa situação "muito perigosa"

Finlândia adverte que zona euro está numa situação "muito perigosa"

11/07/2012 16:22

O primeiro-ministro da Finlândia, Jyrki Katainen, advertiu hoje que a zona euro está numa situação “muito perigosa”, cujos membros “jão têm o mesmo nível de confiança”.

“Estamos numa situação perigosa, muito perigosa”, declarou o chefe do governo finlandês ao jornal diário Helsingin Sanomat.

De acordo com o responsável, “todos os Estados desejam manter o euro", mas "as divergências prendem-se com o tipo de medidas que devem ser tomadas para que a moeda única se mantenha”.

No entanto, ressalva Jyrki Katainen, “quer os Estados, quer as pessoas, já não têm o mesmo nível de confiança”, mas garante que a Finlândia está a fazer tudo para evitar “um fracasso” na zona euro.

“Não trabalhamos com vista à desintegração do euro, mas sim, pela sobrevivência e permanência da Finlândia no euro, dia após dia”, referiu o governante, antecipando que “caso a zona euro implodisse, as consequências seriam incalculáveis e a situação seria caótica”.

A ministra das Finanças finlandesa, Jutta Urpilainen, afirmou na passada sexta-feira que Helsínquia se opunha a assumir uma “responsabilidade coletiva face às dívidas” dos Estados-membros da zona euro, pois o único “compromisso da Finlândia é o de ser membro” dos dezassete Estados.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×