20/11/19
 
 
Condé Nast Johansens. Entre os melhores hotéis da Europa há dois portugueses
A Pousada de Lisboa foi escolhida como melhor nova entrada no guia da Condé Nast Johansens

Condé Nast Johansens. Entre os melhores hotéis da Europa há dois portugueses

Augusto Freitas de Sousa 04/11/2015 12:34

Hotel Palácio, noEstoril, e Pousada de Lisboa estão inscritos na lista de 16 premiados.

O Palácio Estoril Golfe e Spa e a Pousada de Lisboa, na Praça do Comércio, vão poder expor nos seus corredores uma placa relativa aos prémios de excelência da Condé Nast Johansens. O anúncio foi feito na segunda-feira à noite no Hotel May Fair, em Londres, durante um evento em que foram entregues 16 distinções a outros tantos sítios na Europa que queremos visitar. Se lá vamos ou não, é outra conversa.

Os dois hotéis portugueses foram distinguidos nas categorias Melhor Pequeno e Exclusivo Novo Hotel, em Lisboa, e Melhor Hotel para Reuniões, no Estoril. Convidados e staff da Condé Nast Johansens chegaram por volta das 18h30 ao cinco estrelas May Fair (de outra maneira seria de mau tom). Entre smokings e vestidos de gala e os inevitáveis automóveis de luxo, os representantes dos cinco hotéis portugueses nomeados tiveram de esperar pelo fim do jantar para conhecer o resultado das votações.

A Condé Nast Johansens, os especialistas em viagens que fazem parte do mesmo grupo de publicações que a “Vogue”, a “GQ”, a “New Yorker” ou a “Wired”, entre outras, assumiu-se nos últimos anos como nome de referência nas coisas do turismo de luxo. Os prémios são baseados nos votos online, nas avaliações dos hóspedes e nos relatórios dos “peritos locais”, uma espécie de agentes secretos, um em cada país, por norma. E foi com base na análise de todas estas variáveis que os dois hotéis portugueses foram reconhecidos. Tinha sido nomeados ainda o Santiago de Alfama Hotel, em Lisboa, o Bela Vista Hotel & Spa, no Algarve, e o Farol Hotel em Cascais.

A directora geral da Condé Nast Johansens, Charlotte Evans, que abriu a cerimónia, aproveitou para sublinhar “o orgulho em partilhar o portfólio internacional da Condé Nast com mais de 140 revistas e 116 sites”. A directora lembrou que “num mercado tão fortemente inundado pelas agências de viagens online, a Johansens continua a ser a referência para hoteleiros e viajantes”.

Evans destacou ainda que a empresa aposta actualmente no desenvolvimento digital, mas lembrou que “a impressão de luxo continua a ser uma parte integrante da marca”. Lançado há dias, o novo guia de 2016 para o Reino Unido, Europa e Mediterrâneo, a imagem que ilustra a capa é a da fachada do Shangri-La Hotel Paris. A directora da marca ainda teve tempo para pedir aos convidados que deixassem pelo menos cinco libras num envelope distribuído pelas mesas, que revertia para a ajuda da UNICEF às crianças sírias.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×