1/4/20
 
 
Discovery. O universo, afinal, cabe na sua televisão

Discovery. O universo, afinal, cabe na sua televisão

Ana Kotowicz 01/11/2015 17:56

Onde acabam os mitos e começa a verdade sobre o universo? As próximas estreias do Discovery Showcase HD explicam tudo.

O pioneiro do espaço

Exoplanetas, Mercúrio, Calisto, Marte, Vénus e Titã. Não há canto do espaço que escape ao olhar inquisidor do jovem físico Basil Singer. Sem medos, Singer veste o papel de cobaia para viajar, ainda que virtualmente, por vários planetas do sistema solar. No caso de Mercúrio, Basil Singer tenta perceber até que ponto um humano aguentaria a luz, o calor e a radiação do Sol que chegam ao planeta.

Em Marte procura sinais de vida e explica porque a tecnologia actual não permitiria que um astronauta vivesse ali durante longas temporadas. A missão em Vénus é das mais ambiciosas: demonstrar como humanos poderiam visitar os vulcões do planeta dentro de veículos refrigerados. Físico quântico, kitesurfer e skateboarder, Basil Singer faz parte de uma nova classe: os cientistas radicais que, acompanhados por uma câmara, vivem aventuras incríveis entre as folgas do laboratório. Tudo em nome da ciência. 

2 de Novembro às 19h30

 

Os mistérios do Sol e as missões da NASA

Phil Plait é um carismático astrónomo norte-americano com milhares de seguidores nas redes sociais. The Bad Astronomer (o mau astrónomo) é a sua alcunha e, para além de escrever livros dedicados à divulgação científica, Plait tem dado a cara por muitos documentários de física e astronomia. Neste que se estreia em Portugal a 11 de Novembro, o desafio aceite pelo astrónomo é desconstruir tudo aquilo a que chama de ciência-lixo.

Para que reste apenas a verdade, Phil Plait fará de tudo: mesmo estranhas experiências para desconstruir mitos seculares. Esta é, aliás, a premissa do seu livro “Bad Astronomy”, que acabaria por resultar também num blogue. Phil Plait, de 51 anos, tem um currículo impressionante e colaborou com a NASA no Goddard Space Flight Center e também na equipa do telescópio Hubble. É convidado recorrente do programa de rádio do Instituto SETI.

“Bad Universe”, 11 de Novembro às 19h30 

 

Estação espacial ou salvar o planeta? As duas

O que se passa lá em cima entre os astronautas que habitam a Estação Espacial Internacional? Numa órbita baixa (340 a 353 km) e visível da Terra a olho nu, a EEI é o único laboratório espacial completamente montado no espaço. Com “Inside the Space Station”, somos convidados a entrar no apertado espaço da estação e ver como a equipa de seis astronautas vive com a Terra como pano de fundo.

No documentário “Ways to Save the Planet” assistimos aos esforços de uma equipa de cientistas que usa tecnologia de ponta para dar resposta ao aquecimento global, por exemplo. Cada episódio é um pequeno filme- -catástrofe em que o final não é feliz. Evitar a morte da Terra e a aniquilação da raça humana é o que motiva esta equipa para arranjar soluções revolucionárias e, muitas vezes, controversas.

“Ways to Save the Planet”, 26 de Novembro às 19h30. “Inside the Space Station”, 24 de Novembro às 19h30

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×