10/7/20
 
 
Irão admite possível queda do regime de Bashar Al-Assad
Reunião em Viena onde foi discutida a situação na Síria

Irão admite possível queda do regime de Bashar Al-Assad

Reunião em Viena onde foi discutida a situação na Síria Fotografia cedida pelo Departamento EUA Jornal I 30/10/2015 17:55

Reunião que decorreu em Viena para encontrar soluções para o conflito na Síria foi considerada "muito construtiva".

Numa altura em que decorreram as negociações para se encontrarem soluções para a guerra civil síria, o Irão surpreende com as declarações feitas pelo vice-ministro do Exterior do Irão, Amir Abdollahian.

O Irão admitiu que aceitaria um possível afastamento do presidente sírio Bashar Al-Assad se isso significasse pôr fim aos quase cinco anos de guerra civil.

“O Irão não vai insistir que Assad fique no poder para sempre”, afirmou Amir Abdollahian à imprensa local.

“É claro que vai depender do povo sírio a decisão sobre o futuro no país”, afirmou um responsável iraniano à Reuters.

Depois do fim da reunião, foram prometidas mais negociações.

“Vamos reencontrar-nos nas próximas semanas. Este processo adquiriu o momento para seguir em frente”, afirmou o ministro britânico das Relações Exteriores, Philip Hammond.


“Esta reunião não foi fácil, foi histórica, foi a primeira vez que tivemos todos os intervinientes na mesma mesa, num ambiente muito construtivo”, disse a Alta Representante sobre Política Externa e de Segurança da União Europeia, Federica Mogherini.

 

A reunião contou com a presença de delegações de 17 países, incluindo EUA, Reino Unido, Egipto, Alemanha, França e Turquia, bem como representantes da ONU e da União Europeia. Fora das conversações estiveram os representantes do regime sírio de Bashar Al-Assad e da oposição. 

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×