26/1/21
 
 
O desabafo (mais comentado e partilhado) de Bruno Nogueira

O desabafo (mais comentado e partilhado) de Bruno Nogueira

Facebook Nuno Nogueira Jornal i 26/10/2015 18:42

Muito se tem falado de Luaty Beirão e, mais uma vez, as redes sociais estão a ser palco de uma partilha de opiniões e de desabafos sobre o tema.

Desta vez foi Bruno Nogueira quem usou o Facebook para explicar o que pensa sobre o tema. Um texto partilhado por centenas de pessoas e que conta já com quase 10 mil likes.

“Luaty Beirão vai morrer por uma causa que já não será dele. É isso que faz um homem crescer a herói. Ele é a cara e o corpo da coragem, num país onde a coragem se paga cara. A democracia portuguesa assiste tímida e refém, com os ouvidos moucos, a um fim anunciado. A surdez vem do dinheiro. Vem sempre, mas aqui faz-se ouvir mais”, escreveu na sua página do Facebook.

“A falta de acção e cobardia de quem nos devia representar envergonha-nos a todos. Outra vez. Luaty Beirão está disposto a deixar uma mulher, uma filha e o resto das vidas para que a justiça cumpra a justiça. Parece pouco, mas é tudo. Quer aguardar em liberdade, depois da detenção sem mandado ter ido para além dos 90 dias previstos na lei angolana. A lei não cumpre a lei. E agora? Agora nada. Quer ter o direito a ler e a pensar. Quer o impossível: que o governo angolano aceite que pensar e não gostar não mata. O que mata é calar”, acrescentou. “O governo Angolano não vai ceder. Vai usá-lo como exemplo para quem ouse o mesmo. Luaty Beirão e os seus 14 companheiros conseguiram com um livro o que José Eduardo dos Santos não consegue à força: o respeito do mundo. Luaty Beirão não vai morrer mas, se tudo correr mal, já não estará cá para o saber”, sustentou.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×