8/8/20
 
 
Manuela Ferreira Leite alerta para um "golpe de Estado" à esquerda
"Estamos perante um país em estado de choque"

Manuela Ferreira Leite alerta para um "golpe de Estado" à esquerda

"Estamos perante um país em estado de choque" Solange Sousa Mendes 16/10/2015 09:12

Antiga líder do PSD faz duras criticas a António Costa. 

Manuela Ferreira Leite considera que a intenção de António Costa fazer governo de esquerda não passa de “um golpe de Estado”

"Estamos perante um país em estado de choque, uma grande parte em grande pânico pela interpretação que está a ser dada aos resultados eleitorais, que é uma interpretação abusiva e que corresponde a um verdadeiro golpe de Estado", disse a social-democrata, quinta-feira à noite, na TVI24.

Segundo Ferreira Leite, o líder do PS está a cometer “uma fraude”, criticando assim as negociações que estão a ser conduzidas à esquerda.

"É inadmissível que isso seja feito através de uma fraude aos eleitores. Se António Costa tinha na sua mente que ia aliar-se ao PCP e ao BE, só teria legitimidade para fazer esta negociação se tivesse dito isso em campanha eleitoral", sublinhou, lembrando que nas eleições os portugueses deram vitória clara ao PSD. E é este partido que deve governar. Deve, contudo, chegar a acordo com o PS.

"Arranjem lá qualquer coisinha em que se entendam, por favor, é o país que está em causa!", exclamou.

Indignada, Ferreira Leite frisou ainda que “Costa não tem mandato nenhum para se aliar à esquerda radical e o povo, 70%, também não o quer".

"Isto é uma verdadeira fantochada" e "só por diversão intelectual é que podemos admitir que um governo PS, PCP e BE é sólido, estável, equilibrado, quando precisa hora a hora de votar as suas medidas", concluiu.
 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×