31/3/20
 
 
Toyota quer acabar com carros movidos a combustíveis fósseis

Toyota quer acabar com carros movidos a combustíveis fósseis

Sónia Peres Pinto 15/10/2015 18:01

Em 2050 prevê vender apenas carros híbridos e eléctricos.

A Toyota Motor quer deixar de produzir carros que funcionam só com combustíveis fósseis até 2050. Nessa altura, a empresa prevê vender apenas veículos híbridos, eléctricos ou movidos a hidrogénio (que emite apenas vapor de água).

Com esta medida seria possível reduzir as emissões de dióxido de carbono dos seus veículos novos em cerca de 90% comparativamente ao volume dos carros Toyota recém-saídos da fábrica.

Esta é uma das soluções encontradas pelo fabricante japonês de automóveis, numa altura marcada pelo escândalo de manipulação de emissões do grupo Volkswagen e num momento em que o sector continua muito dependente da gasolina e do gasóleo.

Para atingir este objectivo, o fabricante japonês espera intensificar a produção do Mirai – comercializado no Japão desde o ano passado e que foi o primeiro veículo de hidrogénio vendido em série – das 700 para as três mil unidades anuais em 2017.

Ao mesmo tempo, pretende começar a vender  autocarros de hidrogénio em Tóquio, cidade onde espera comercializar uma centena em 2020.

Para essa data também quer vender 1,5 milhões de veículos híbridos anualmente, ou seja, 20% mais do que em 2014, e que o volume de emissões dos seus automóveis novos seja cerca de 22% inferior ao de 2010.

A empresa também propôs cortar as emissões de dióxido de carbono das suas fábricas em todo o mundo, por via do uso de fontes renováveis ou de hidrogénio nas linhas de produção, bem como tecnologias industriais mais eficientes.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×