14/11/18
 
 
Malaysia Airlines. Primeiro-ministro malaio reitera pedido de justiça para as vítimas do voo MH17
Razak quer  “acção mais contundente” contra os responsáveis

Malaysia Airlines. Primeiro-ministro malaio reitera pedido de justiça para as vítimas do voo MH17

Razak quer “acção mais contundente” contra os responsáveis MA JIN BU/EPA Jornal i 14/10/2015 08:20

Najib Razak pediu “respostas conclusivas” à investigação criminal liderada pela Holanda.

O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, reiterou esta quarta-feira o seu pedido para que seja feita justiça às vítimas do voo MH17, abatido no leste da Ucrânia, após a publicação do relatório sobre as causas da queda do avião.

O Conselho de Segurança da Holanda (OVV), que liderou a investigação internacional sobre as causas do acidente do avião da Malaysia Airlines, ocorrido a 17 de Julho de 2014 e no qual morreram todas as 298 pessoas a bordo, concluiu que o aparelho foi abatido por um míssil BUK terra-ar de fabrico russo.

“Prometo que a Malásia vai continuar com a sua determinação até que se consiga que aqueles que estão por detrás deste ato atroz paguem pelos seus crimes”, disse o primeiro-ministro malaio em comunicado.

Najib Razak pediu “respostas conclusivas” à investigação criminal liderada pela Holanda para permitir a “acção mais contundente” contra os responsáveis.

Também reiterou que, apesar de terem passado 15 meses desde a queda do avião, derrubado quando efectuava a ligação entre Amesterdão e Kuala Lumpur, a Malásia mantém o seu compromisso de fazer justiça tão forte como no primeiro dia.

O ministro dos Transportes, Liow Tiong Lai, indicou que a equipa de investigação conjunta que inclui, além de Holanda e Malásia, Bélgica, Austrália e Ucrânia, trabalha para criar um tribunal internacional para julgar o caso.

Em Julho, a Rússia vetou uma resolução da Austrália no Conselho de Segurança da ONU que propunha a criação de um tribunal internacional para investigar e depois julgar o caso do MH17.

Lusa

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×