15/9/19
 
 
Nobel da Química. Prémio para o mecanismo de reparação do ADN

Nobel da Química. Prémio para o mecanismo de reparação do ADN

Fredrik Sandberg/AP Jornal i 07/10/2015 11:07

A Real Academia Sueca das Ciências distingue três investigadores da reparação de ADN.

A Real Academia Sueca das Ciências distinguiu esta quarta-feira com o Prémio Nobel da Química os investigadores Thomas Lindalh, Paul Modrich e Aziz Sancar pelos estudos de mecanismos que permitem a reparação de ADN.

Lindalh, sueco de 77 anos, está ligado do Instituto Francis Crick e ao Laboratório Clare Hall, ambos no Reino Unido, Modrich, norte-americano de 69 anos, à Escola de Medicina da Universidade de Duke (EUA), e Sancar, turco, também de 69 anos, da Universidade da Carolina do Norte (EUA).

A organização colocou tuites do trabalho dos cientistas.

 

 

 

 

 

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×