19/11/18
 
 
Há vida em Marte? Parece que vamos continuar sem saber
Imagem divulgada pela NASA com a descoberta das estrias onde escorre água salgada nos meses mais quentes do ano

Há vida em Marte? Parece que vamos continuar sem saber

Imagem divulgada pela NASA com a descoberta das estrias onde escorre água salgada nos meses mais quentes do ano NASA / JPL-Caltech/Univ. of Arizona/EPA Jornal i 03/10/2015 13:28

Depois do anúncio da descoberta de água salgada no planeta vermelho, a NASA vem dizer que não pode enviar o Curiosity ao local para descobrir se há alguma forma de vida em Marte.

Depois do anúncio da descoberta de que há água salgada em Marte, a NASA veio dizer que não vai afinal poder enviar o Curiosity ao local para a analisar. Isto porque isso poderia contaminar o planeta vermelho com micróbios da Terra.

Como as outras agências espaciais, a NASA segue as regras de um tratado internacional para evitar quaisquer formas de contaminação prejudicial nas explorações e o Curiosity não cumpre os requisitos por não ter sido esterilizado, por “questões de orçamento e de prioridades”.

Para que esse robô que chegou ao planeta há três anos e tem como missão recolher amostras de solo pudesse ser usado para analisar os locais onde foi descoberta água em estado líquido no planeta vermelho, seriam necessárias “condições muito elevadas de limpeza”, conforme explicou à AFP Michael Meyer, da equipa da exploração marciana da agência espacial norte-americana. 

“O Curiosity não foi feito para ir a locais susceptíveis de acolherem vida microbiana”, sublinhou. “Não queremos ser lembrados como a espécie que foi a outro planeta e eliminou todas as formas de vida potencialmente existentes”, disse à mesma agência um dos membros do ExoMars, um projecto da agência espacial europeia, ESA.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×