6/4/20
 
 
Hans Rosling, "Portugal é a Hong Kong da Europa"

Hans Rosling, "Portugal é a Hong Kong da Europa"

Shutterstock Margarida Vaqueiro Lopes 23/09/2015 20:45

Fundador da Gapminder diz que não existe nenhum país com uma esperança média de vida tão elevada e um rendimento tão baixo.

“Não existe nenhum país do mundo que tenha uma esperança média de vida tão elevada e, ao mesmo tempo, um rendimento tão baixo”, afirma Hans Rosling, o fundador da Gapminder, que veio a Lisboa para o quinto aniversário da base de dados Pordata, “sobrinha da Gapminder”. O médico sueco, que em 2006 se tornou famoso por tornar as estatísticas apelativas para o comum dos mortais, afirmou mesmo que ”Portugal é a Hong Kong da Europa” e que o país “está a usar ao máximo os seus recursos para garantir boa saúde” aos cidadãos. 

O sueco criticou os media por não olharem para os números como um todo. “Não podemos apreender todos os factos”, admite, “mas precisamos de ter uma ideia-base do mundo. Muito poucas pessoas têm noção de que quase todas as famílias do mundo têm uma máquina de lavar. Mas todos os europeus usam máquina de lavar.

Questionado pelo i sobre o que seria possível mudar no mundo se os media, governantes e empresários tivessem essa visão global que tanto pede, Rosling hesita e afirma: “Haveria mais investimento em África.” Porque, com todos os factos sabidos, acredita o especialista, os europeus começariam a perder a sensação de que são os melhores do mundo. Tal como se daria mais atenção à Ásia e ao facto de “as empresas multinacionais estarem a pagar mais aos responsáveis pelos mercados asiáticos que aos responsáveis globais”, sublinha.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×