25/8/19
 
 
As selfies matam mais que ataques de tubarões

As selfies matam mais que ataques de tubarões

Jornal i 22/09/2015 15:49

Estamos a falar na Austrália, claro. Mas o fenómeno (selfies perigosas) tende a expandir-se.

Os tubarões são conhecidos pelos seus ataques fulminantes. Quando não matam conseguem, pelo menos, deixar marcas bem visíveis. No entanto, durante este ano, há algo que tem provocado mais mortes que os ataques de tubarões – a moda das selfies – e que tem levado milhares de pessoas a arriscarem a vida por uma fotografia inédita.

Algumas não resistem mesmo à voracidade da moda... e morrem.

De acordo com a imprensa australiana, com dados de  2015, estão confirmadas 10 mortes relacionadas com selfies, enquanto os ataques de tubarões provocaram apenas 8 mortes.

A União Europeia já se mostrou preocupada com este assunto e em Junho passado foi proposta uma lei que proibisse partilhar nas redes sociais fotografias na Torre Eiffel ou na Fontana di Trevi em Roma, por exemplo.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×