24/8/19
 
 
Refugiados. Caravana Aylan Kurdi chega em segurança
Os donativos começam a ser distribuídos amanhã

Refugiados. Caravana Aylan Kurdi chega em segurança

Os donativos começam a ser distribuídos amanhã Manuel Vicente Isabel Tavares 22/09/2015 10:20

A Caravana Aylan Kurdi com ajuda portuguesa aos refugiados sírios chegou esta manhã à região, em segurança, conforme previsto, depois de ter partido de Lisboa no sábado passado, comunicou a organização.

Os relatos de diversas entidades no terreno apontam para que o maior fluxo de refugiados esteja a deslocar-se no sentido Sérvia, Croácia, Eslovénia/Hungria, Áustria, embora os pontos de concentração mudem diariamente, por vezes diversas várias vezes por dia, em função da situação nas fronteiras entre os diversos países.

Continuam a entrar milhares de pessoas por dia na Croácia, sobretudo vindas da Sérvia e no final da semana passada foi criado um novo campo junto à fronteira entre os dois países, o Opatovac, com capacidade para 4000 pessoas.

Nos próximos dias deverão concentrar-se no local milhares de refugiados à espera dos comboios que partam, de forma irregular, da cidade mais próxima, Tovarnik, rumo ao nororeste da Croácia (Zagreb) e à Eslovénia, enquanto na fronteira com a Hungria, a norte, tem estado a ser construído um muro de arame farpado para dissuadir a entrada de mais refugiados no país.

Hoje a organização da Aylan Kurdi Caravan formalizou um acordo com a Cruz Vermelha da Croácia (CVC), depois de diversos contactos e visitas a diferentes organizações não governamentais ONG feitas nos últimos dias. Devido ao elevado volume e valor da carga transportada de Portugal - que inclui roupa, medicamentos, comida, artigos de higiene pessoal e brinquedos - a CVC revelou-se o parceiro mais adequado para assegurar a recepção dos donativos em armazéns próximos de zonas de necessidade.

Estima-se que os três camiões TIR enviados de Portugal comecem a ser descarregados hoje por volta das 16h, sob supervisão dos membros da organização da Aylan Kurdi Caravan que estão no terreno, e na presença dos responsáveis pela gestão de crises humanitárias da Cruz Vermelha Portuguesa.

O armazém da CVC fica localizado nos arredores de Vinkocvi, uma cidade a cerca de 40 km do campo de Opatovac (na fronteira com a Sérvia) e a 30 km da cidade de Tovarnik, que tem sido um hot spot de passagem de refugiados nas últimas semanas

Na quarta-feira, a equipa estará ainda na Croácia a realizar voluntariado, colaborando com uma pequena ONG croata na distribuição de uma parte dos bens transportamos de Portugal a refugiados. A organização chama-se HSUST, é coordenada por uma advogada local, Gabriela Banic, que tem prestado grande apoio nos últimos dias.

Alguns portugueses a viver na Croácia, Eslovénia, Áustria e Alemanha contactaram espontaneamente a Aylan Kurdi Caravan a oferecerem-se para ajudar no que fosse necessário.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×