18/11/18
 
 
US Open. Djokovic e Federer na final
Federer olha para a bola e cá vai disto ò Wawrinka

US Open. Djokovic e Federer na final

Federer olha para a bola e cá vai disto ò Wawrinka EPA/Lusa Rui Miguel Tovar 12/09/2015 03:48

Suíço continua sem ceder um set desde a derrota na final de Wimbledon, em Julho, precisamente com o sérvio

Como um relógio suíço. Tic tac, tic tac, tic tac. Roger Federer está imparável no US Open e junta-se ao sérvio Novak Djokovic na final de amanhã sem ainda ter cedido um único set. Nem sequer nas meias-finais, com o compatriota Stanislas Wawrinka (6-4, 6-3, 6-1).

Aliás, Federer não perde um set desde 12 de Julho, na final de Wimbledon, com Djokovic, que elimina o croata (e ainda campeão em título) Marin Cilic por inapeláveis 6-0, 6-1 e 6-2. Há quatro Grand Slams por ano e Djokovic chega à final de todos eles. Ganha em Melbourne e Wimbledon, perde em Roland Garros. Amanhã já se vê quanto ao US Open, nos EUA, onde Nole tem um título, em 2011. Já Roger é penta (2004, 2005, 2006, 2007 e 2008).

E como estamos de estatística entre Federer e Djokovic? Vantagem do suíço de 34 anos, com 21 vitórias. No US Open, idem idem: três vitórias (2007, 2008 e 2009) contra duas derrotas (2010 e 2011), E, já agora, em 2015? Aí, meus amigos, invertem-se os papéis e Djokovic é rei e senhor (3-2).

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×