18/11/19
 
 
A magia do Pico em Crónicas da Atlântida [FOTOS]

A magia do Pico em Crónicas da Atlântida [FOTOS]

08/09/2015 16:32

O mês com destaque para a Ilha do Pico do projecto das Crónicas da Atlântida chega ao fim, realçando retratos de vidas, do quotidiano, relações e paisagens, sentimentos e ambições. Tudo retratado sobre a lente do António Luís Campos com fotografias únicas.

A cor do Pico não engana. O negro retinto do basalto virgem, dir-se-ia quase acabado de jorrar das entranhas da Terra, empresta à paisagem uma textura áspera, na qual se assiste à tenacidade insuspeita das pequenas plantas que colonizam a lava solidificada, em interstícios onde uns parcos torrões de terra se refugiaram em tempos dos elementos… Mas são as gentes do Pico a verdadeira surpresa! Francos sorrisos nos recebem, à porta de cada adega, em cada curral de vinha, em todas as ruas dos povoados espartilhados entre o mar e a montanha, esses imponentes 2351 metros que se erguem das profundezas atlânticas e marcam de forma inconfundível o teto de Portugal.

Na segunda maior ilha dos Açores a dualidade homem-natureza está patente a cada instante, em cada recanto, de forma pungente. É essa a sua maior magia, que se desenrola perante o olhar atento do viajante, que ao Pico não poderá nunca ficar indiferente.

Portefólio completo em Crónicas da Atlântida em www.ionline.pt/atlantida

As Crónicas da Atlântida

Um projecto em que o fotojornalista António luís Campos documenta fotograficamente o dia-a-vida das nove ilhas dos Açores - começam aqui, agora. Durante nove meses serpentearão por todas as ilhas do arquipélago, da maior para a mais pequena, em ventos que sopram de Leste para Oeste.

 

Artigo escrito por António Luís Campos

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×