16/11/18
 
 
Almaz Ayana teve o "Desempenho dos Mundiais"
Ayana conseguiu o título num pódio exclusivamente etíope

Almaz Ayana teve o "Desempenho dos Mundiais"

Ayana conseguiu o título num pódio exclusivamente etíope SRDJAN SUKI/EPA Rui Pedro Silva 07/09/2015 14:23

Vitória da etíope nos 5000 metros femininos foi vista pelos votantes como o melhor momento dos Mundiais de Pequim.

Nem Usain Bolt nem Mo Farah. O melhor momento dos Mundiais de Pequim foi mesmo a vitória da etíope Almaz Ayana na final dos 5000 metros.

Depois de uma lista curta encontrada através dos melhores momentos de cada dia, Almaz Ayana foi distinguida com o "Desempenho dos Mundiais", numa votação patrocinada pela Adidas e em que todos os adeptos podem participar.

O triunfo de Ayana teve 23,84% das preferências e ficou à frente do recorde mundial de Ashton Eaton no decatlo (17,15%) e do triunfo da holandesa Dafne Schippers nos 200 metros, com direito a recorde europeu (14,68%).

Recorde o que o i escreveu sobre a vitória de Ayana no dia da prova:

Os olhos estavam virados para Genzebe Dibaba. Depois de conquistar os 1500 metros, poderia igualar Usain Bolt, Mo Farah e Shelly-Ann Fraser-Pryce como múltipla campeã mundial em Pequim.

Almaz Ayana tinha outra ideia. A também etíope, grande rival de Dibaba nesta fase, assumiu a liderança da prova depois de as japonesas terem percebido que não tinham ritmo para as adversárias e não mais voltou a perdê-la. A velocidade foi tão elevada que o grupo ficou reduzido a apenas duas atletas - Ayana e Dibaba - a mais de mil metros da meta.

Dibaba foi incapaz de seguir o ritmo de Ayana. Com um tempo de 14'26''83, Ayana bateu o recorde dos campeonatos por praticamente doze segundos e deixou a medalha de prata a quase 18 segundos. Genzebe Dibaba teve um final para esquecer e foi ultrapassada nos últimos metros por Senbere Teferi - cruzaram a meta separadas por sete centésimos de segundo.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×