21/9/18
 
 
Todos à balança!

Todos à balança!

Raquel Carrilho 02/09/2015 22:35

Uma vez por ano, o JardimZoológico de Londres organiza um dia de pesagem para os seus mais de 17 mil animais. Dos gigantes camelos, com mais de 700 quilos, a uma espécie de caracol que pesa apenas 2 miligramas e que está em vias de extinção.

O dia 26 de Agosto foi seguramente um dia de grande animação no JardimZoológico de Londres, com mais uma pesagem anual. Não é, naturalmente, o único dia em que os animais do Zoo de Londres são pesados, mas é o dia em que se verifica se todas as informações acerca dos habitantes do Zoo estão actualizadas. E é, claro, um dia muito movimentado no mais antigo zoo científico do mundo, criado em 1828 e aberto ao público desde 1847. Até porque estas pesagens são abertas à comunicação social e ao público.

Num total de 17 mil, foram pesados bichos muito distintos. Numa extremidade da escala está o camelo-bactriano fêmea, Noemie, com 713 quilos. Na outra o destaque vai para uma das espécies mais raras existente no Zoo de Londres: os caracóis-de-partula, originários do oceano Pacífico, e que registaram o extraordinário peso de 2 miligramas, para o que foi preciso usar uma balança de precisão para os pesar.

Não é simples levar tantos animais à balança e conseguir que se mantenham sossegados de forma a serem pesados e medidos. Por isso aos tratadores e veterinários é exigido que sejam imaginativos e saibam recorrer às mais variadas técnicas. Por exemplo, os irrequietos pinguins são pesados durante o pequeno-almoço, já que a balança é estrategicamente colocada entre os animais e o peixe. Já a raças como os pequenos macacos-saguinus-imperator são propostos desafios que terminam em cima da balança – e com uma recompensa alimentar, claro.

Noutros casos, como as tartarugas-gigantes-das-galápagos, as balanças foram escondidas sob relva artificial.

As informações recolhidas ao longo deste dia não só permitem garantir que todos os animais estão saudáveis e bem alimentados, mas também são fundamentais para averiguar possíveis gravidezes, um factor importante, uma vez que no Zoo de Londres há animais de inúmeras espécies em extinção e a instituição participa num programa internacional de conservação.

Posteriormente estas informações são guardadas no Zoological Information Management System (ZIMS), que as disponibiliza a todos os jardins zoológicos do mundo. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×